sexta-feira, 12 de março de 2010

Linhas soltas

Sento-me numa qualquer esplanada
Peço uma qualquer bebida, já definida:
Sempre e para sempre um quente Cappuccino.
Há coisas que nunca mudam...

Fecho os olhos,
O Cappuccino aquece-me levemente as mãos.
Há uma espécie de nevoeiro,
Mas o sol brilha apesar de tudo.
Fecho o solhos e tento ouvir:
Carros, motas, buzinas, gritos,
Nada, não o consigo ouvir.

Abro o meu caderno,
Preciso de desenhar alguma coisa
Preciso de reavivar a minha parte impulsiva.
Não sei, nunca sei o que vai sair, cada linha desenha-se a si mesma,
Cada traço surge inesperado,
Cada sombra, cada toque, cada capricho do lápis a soltar-se.

Não O oiço.
Não o oiço e isso põe-me louca.
As linhas cruzam-se, curvam-se, endireitam-se, percorrem um caminho que não decido, apenas auxilio.
As motas e os carros e as buzinas e o ambiente a gemer de dor fazem tanto barulho que não O oiço.
Párem, párem!
Preciso de paz e não a encontro,
As linhas a formarem uma qualquer imagem que lhes apetece,
E eu sem O ouvir.

Mas Ele está sempre lá, não está?
Fecha os olhos, tenta ouvir.
Eu tento.
Por detrás das buzinas e gemidos e queixas dos lagos poluídos e vizinho smal-humorados,
Por detrás das linhas que não controlo,
Por detrás do lápis que segue apenas impulsos que dirigo.
E oiço-O.
Porque sei que está sempre lá.


--------

"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente.."

Mas, querido Pessoa, às vezes fingimos tanto, que acabamos por fingir que fingimos, não é?
Eu sei, eu sei.


SM**Cappuccino

P.S: reparei agora, foi o 100º post ^^

3 comentários:

Meio Cheio disse...

O belo cappuccino =)!
O que importa é não fingirmos demasiado...ao ponto de acreditarmos nós mesmos no que dizemos. Senão o que foi fingido é agora o que somos ^^

Beijinho e bom fim de semana*

Sofia Carvalho disse...

Uma das coisas que mais me apraz na vida é isso: apanhar sol num sítio qualquer, fechar os olhos e ouvir ao longe os ruídos da vida...É uma sensação tão boa...Parece que estou apreciar o mundo de fora, que não faço parte dele. foste capaz de descrever aquilo que mais parazer me dá nesta vida;) Lindo!
Beijinhos da sofia para a Sofia;)

disse...

eu também espero que isso aconteça, porque mostra o quanto uma pessoa gosta da outra, e o quanto quer estar com ela.

a propósito, parabéns pelo (maravilhoso) 100º post! :D

beijinho