quarta-feira, 7 de abril de 2010

Perfect Days

Um gesto, muito ao de longe.
Um mão levantada, um olhar soturno, uma sobrancelha levantada.
Tudo e nada, uma combinação perfeita de milhares de gestos.
De microexpressões.

Uma pequena gota,
Cheia dos mais puros pigmentos,
Misturada com a quantidade certa de água,
Por cima de traços e rascunhos,
Por muitos traços de carvão e grafite e sei lá que mais,
Por cima de memórias, de recordações e ilusões.
Por cima de mim e de ti,
Por cima de tudo.

Mais um risco ali,
Ainda não está bem:
Faltam os cheiros e os sabores
E as doces melodias que jurei ouvir.
E os rios a correrem por entre os meus dedos,
Enquanto a tua voz sussura ao meu ouvido;
E os meus cabelos a voarem devagar ao vento,
Saboreando a suave liberdade
Por baixo de garças que aproveitam o pouco calor destes dias,
Saboreado com os pés pendurados no velho pontão,
Dentro da água fria e viva.

Não, chega de riscos e traços e cores.
Nunca o vou conseguir pintar,
Nunca ficará tão perfeito.
Mas nunca irei esquecer aqueles dias perfeitos.
Sei que não.
Vou guardá-los aqui dentro, num quartinho acolhedor,
Para sempre.
E para mais um bocadinho.


SM**Cappuccino

6 comentários:

Carla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Carla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
disse...

obrigada.. nem sabes como é bom ouvir isso (:
beijinho

Carla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Nés, disse...

sim, também estou x) acho que o desafio está engraçado, mas acrescentaria uns quantos dias e umas quantas coisas..
A dança é, talvez, a minha maior paixão. desde sempre. comecei com ritmos latinos e apartir daí começou a vir o resto.. agora quero mesmo é obter mais formação clássica porque ajuda imenso na dança contemporânea, que é sem dúvida a minha predilecta x)

Carla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.